loading

Empilhadores elétricos Hyster® mantêm custos reduzidos no fabrico de produtos metálicos

Main Image

Os fiáveis empilhadores elétricos Hyster® estão a ajudar os fabricantes de produtos metálicos a reduzir os danos e os custos associados em todas as etapas da sua operação, mantendo ao mesmo tempo uma elevada produtividade.

Numerosas operações de fabrico em todo o mundo transformam metais, tais como o alumínio, o cobre ou o zinco, em produtos terminados, desde componentes diminutos até peças para automóveis. Podemos encontrar equipamentos Hyster® prestando um suporte fiável a estas operações em todas as etapas do processo.

Os materiais chegam em bobines
O primeiro desafio para a movimentação é a receção das pequenas bobines metálicas que se entregam num reboque. Aqui os empilhadores Hyster® ajudam a descarregar do camião as bobines, que são normalmente suficientemente pequenas para poder manejá-las com garfos standard, e para transportá-las até ao armazém.  

Um empilhador que costuma ser utilizado nesta operação é o empilhador elétrico de grande durabilidade Hyster® J3.5XN de quatro rodas, que está equipado com um robusto chassis e com fortes proteções laterais que garantem proteção contra possíveis danos por impacto.

Os empilhadores elétricos Hyster® J3.5XN proporcionam um rendimento equivalente ao que se consegue com empilhadores com motor de combustão interna da Hyster® e são adequados para trabalhar tanto em espaços cobertos como ao ar livre. Isto converte-os nos empilhadores ideais para transportar produtos desde uma zona de carga ao ar livre até um armazém coberto.

Devido à tecnologia de motores trifásicos para a tração e para a elevação, os empilhadores são apropriados para aplicações exigentes durante turnos prolongados. Os componentes facilmente acessíveis e os diagnósticos a bordo também ajudam a reduzir tempos de inatividade fora de serviço.

Entrada em produção
Nas aplicações de fabrico de produtos metálicos, existe uma extensa seleção de soluções Hyster® para recolher as bobines desde a sua zona de armazenamento no armazém e para levá-las até à linha de produção.

Algumas aplicações optam por um empilhador retrátil, tal como o Hyster® R2.5, que inclui uma ergonómica cabine para o condutor com um manejo eficiente através de um ecrã tátil e um joystick, assim como uma coluna de direção ajustável para maior conforto. Outras aplicações optam por preparadores de encomendas Hyster® de Nível Baixo, Médio ou Alto, ou, dependendo da configuração do armazém, podem usar um empilhador de garfos.

Como esta parte da operação é muito repetitiva, existe potencial também para que as aplicações automatizem tarefas com as acessíveis soluções robóticas da Hyster®, tais como tratores, empilhadores contrapesados de operador apeado e preparadores de encomendas de nível baixo. A tecnologia ‘Guiada por Balyo’ da Hyster combina fiáveis empilhadores Hyster® com sistemas de controlo robóticos que ajudam a melhorar a exatidão, impulsar a eficiência e reduzir os danos, mantendo as linhas de produção de grande atividade em perfeito funcionamento, e reduzindo ao mesmo tempo os custos.

Movimentação de produtos terminados
Uma vez terminados os componentes ou produtos metálicos, normalmente serão recolhidos na linha de produção com um empilhador Hyster® e serão carregados em camiões para o seu transporte até ao utilizador final. Os produtos terminados podem agrupar-se em paletes ou podem movimentar-se diretamente com os garfos.

Por exemplo, o robusto modelo J2.0XN, de duas toneladas de capacidade, tem um eixo de Raio de Viragem Zero (ZTR) que proporciona um raio de viragem muito apertado e permite utilizar o empilhador em corredores estreitos e em rampas de carga e descarga de grande atividade.  

Apesar do seu design compacto, o empilhador inclui um compartimento de operador ergonómico que contribui para a produtividade mantendo o conforto do condutor e ajudando-o a manter-se concentrado e a trabalhar de forma precisa, mesmo durante turnos prolongados.

A Hyster® tem os empilhadores ideais para satisfazer as necessidades específicas de cada etapa de produção e da cadeia de abastecimento, com a redução de eventuais danos, aumentando a eficiência da operação e alcançando um custo de propriedade reduzido.